fbpx

A praça é nossa

woman in black tank top and black pants doing yoga on gray asphalt road during daytime
Espaços públicos mais humanos, acessíveis, interativos e de qualidade. Foto Unsplash

Programa capacita lideranças comunitárias para transformar espaços públicos

A pandemia trouxe uma reflexão sobre a importância da vivência nos espaços públicos. Com a retomada das atividades, garantir a segurança das pessoas, revitalizar e transformar os locais de uso coletivo são prioridades que ganham cada vez mais relevância para o contexto do desenvolvimento urbano.

Estruturado pelo Cidades.co, startup que ajuda iniciativas locais na criação de espaços mais humanos, acessíveis, interativos e de qualidade, o Programa de Aceleração de Lideranças Comunitárias Retomada da Cidade tem como objetivo auxiliar comunidades e bairros de São Paulo a desenvolverem e implementarem projetos para essa transformação.

O programa disponibilizará mentorias coletivas e individuais até novembro, além de um curso online gratuito organizado em dez módulos com aulas sobre capacitação em estruturação e gestão de projetos para espaços públicos.

Para Marcelo Rebelo, urbanista e idealizador do programa, estamos enfrentando uma situação social nunca antes vista. “Adaptar a nossa cidade, os nossos parques, praças e espaços de uso coletivo é garantir que nós sejamos protagonistas no processo de criação na retomada pós-pandemia”, afirma.

Os temas a serem trabalhados ao longo do processo de capacitação e mentoria do programa incluem: como criar um projeto de mobilização comunitária, como liderar processos participativos colaborativos e como captar recursos para projetos de vizinhança e iniciativas de impacto social no Brasil.

Ao final do terceiro mês, o programa selecionará 20 projetos comunitários, os quais participarão da primeira turma de captação de recursos coordenada pelo Cidades.co. Marcelo ainda pondera que, quanto maior o alcance, maior será o movimento de transformação. “Como interlocutores e viabilizadores, nosso papel é contribuir para que projetos de impacto social positivo tenham condições para caminharem sozinhos”, comenta.

As inscrições para o Programa Retomada das Cidades são gratuitas e podem ser feitas pelo site www.retomadadacidade.com.br.

Por Catraca Livre

%d blogueiros gostam disto: