fbpx

SUCULENTAS: AS QUERIDINHAS DO MOMENTO

Na coluna anterior falamos sobre a saúde e o bem-estar que as plantas nos proporcionam.

Observamos uma pesquisa no Google Trends e vimos que as queridinhas do momento são as suculentas que vieram para ficar, a opção de coloração, texturas e tamanhos realmente são de uma grande variedade.

O que conquistou o coração de muitas de nós, é a facilidade de cultivo, manutenção e reprodução de novas mudas. Podem ser utilizadas em diversos tipos de arranjos, vasos, canteiros e terrários, seja no tempo ou guardadas em locais cobertos, elas estão sempre firmes e fortes, mas claro que precisam de atenção em relação à luminosidade e água, quanto a adubação existem aqueles que concordam da necessidade e aqueles que não concordam, porém as plantas em vasos precisam sim de cuidados, como já coloquei aqui em colunas anteriores.

A adubação para suculentas é interessante para sua floração, previnem de pragas e doenças, além de mantê-las bonitas e viçosas.

Facilidade de cultivo, manutenção e reprodução são características das suculentas Foto Mario Mendez

As suculentas são plantas provenientes de locais áridos, ou seja, são nativas destes locais, por isso suas folhagens são rechonchudas e possuem capacidade de armazenar água e nutrientes para períodos de seca mais prolongados. Elas também não desidratam facilmente perdem pouco líquido devido uma camada parecida com cera em suas pétalas.

Porém, as suculentas são frágeis a podridão devido ao excesso de água, aparecem fungos e bactérias que se aproveitam do encharcamento de suas raízes, pois se tornam excessivamente úmidas e não permite a aeração do substrato, sendo assim é importante conhecer um pouco de suas necessidades.

Foto Yousef Espanioly

Sabemos que existem vasos que não permitem escoar a água, neste caso a opção é colocar um palito de churrasco no substrato e observar quanto a umidade do mesmo. Mas atenção: sempre coloque o palito no mesmo local para evitar machucar as raízes da planta.

O substrato ideal para suculentas são bem drenáveis, por isso não se pode usar à terra comum. O substrato comum para vasos também não são indicados, porque estes são desenvolvidos para plantas que precisam naturalmente de mais umidade. Além disso, é bom lembrar que também contém fertilizante que podem não ser bom para suculentas.

Os substratos para cactos e suculentas duram mais tempo do que os substratos para outras plantas por conterem mais matérias inorgânicas. Para reaproveitá-los, basta adicionar a terra vegetal que é uma material orgânico.

Curiosidade: todo cacto é uma suculenta, mas nem toda suculenta é um cacto.

Tenho mais dicas para você que curte cactos e suculentas. Estou preparando um manual com informações secretas sobre suculentas, o que não vão te contar na internet.

Deixe para mim uma mensagem nos comentários na parte inferior da coluna e

eu vou enviar especialmente para você um exemplar desse manual.

Até a próxima semana.

Seja o primeiro a comentar em "SUCULENTAS: AS QUERIDINHAS DO MOMENTO"

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: