fbpx

Ique

Feijão inimigo

-“Presidemente”, que história macabra é essa?-Foi só uma brincadeira pra fuzilar a paciência da esquerdalhada.-Mas com isso não se brinca. Seus apoiadores acreditam em qualquer merda que o senhor fala!-Por isso mesmo. Meu gado acredita…

Leia Mais

Cachorrada Geral da República

-“Presidemente”, o seu cachorro de estimação tá latindo sem parar lá no quintal da presidência.-Esse sarnento não tem do que reclamar. O que ele quer?-Ele disse que não quer mais comer na vasilha da PGR….


Tiro de feijão

-“Presidemente”, a imprensa tá divulgando seus ataques ao senador Randolfe, num discurso homofóbico.-Que bom, a “Globolixo” tá fazendo propaganda dos meus ataques.-Não seria melhor verificar as denúncias ao invés de atacar quem investiga?-Nada disso, jumento….


Suco de propina

-“Presidemente”, lançaram a releitura do filme “A dama de vermelho”, com a primeira dama, dona “Micheque”.-Que inferno! Já acionei até meu “cirurgião oncológico”, especialista em facada fake, fui internado pra mudar esse assunto, e não…


Meu peculato, minha vida. Minha privada entupida

– “Presidemente”, o vaso sanitário do gabinete da presidência tá entupido e vazando merda pra todo lado!-CAGUEI!-Sendo no seu gabinete, todo mundo já sabe que a cagada é sua!-CAGUEI, é claro. Mas a culpa é…


Verbete presidencial

•CAGUEI!Verbo – Na 1ª pessoa (desprezível), do singular, do pretérito perfeito do indicativo, de GOVERNAR O BRASIL. •CA·GAR- Conjugar (latim caco, -are)•verbo intransitivo Expulsar (excrementos) pela boca. = DEFECAR, EVACUAR, ESMERDALHAR O DECORO, BORRAR A…


O “encagaçado”

– “Presidemente”, estão dizendo por aí que “vossa excrescência” tá descontrolado anunciando um golpe a todo momento.-CAGUEI! Não é golpe, só tô avisando com antecedência sobre a manutenção do meu mandato pra combater o comunismo,…


Corrupto se assume para combater a CORRUPTOFOBIA.


Código de Barros

Essa é uma tecnologia exclusiva da “democracia bolsovariana”, que superfatura automaticamente, liberando a propina diretamente em contas dos aliados, em paraísos fiscais sem deixar rastros. É totalmente a prova de CPIs, investigações da polícia federal…


Quem ANVISA, amigo é

Depois de 500 mil mortos, o diálogo (imaginado) derradeiro entre um chargista e um “presidemente” -Se continuar a fazer charges e textos como esses, te enquadro na LSN, talkey?-E liberdade de expressão?-Só é liberdade de…


%d blogueiros gostam disto: