fbpx

Mais uma vez Hamilton

O britânico Lewis Hamilton, da Mercedes, cravou a pole position e ainda prestou homenagem ao ator Chadwick Boseman. Foto Getty Images

Hamilton ‘esmaga’ rivais e crava pole para o GP da Bélgica de F1. Já a Ferrari voltou a ser um fiasco em Spa e acabou eliminada na segunda parte da classificação

Hexacampeão mundial da Fórmula 1, o britânico Lewis Hamilton, da Mercedes, voltou a brilhar neste sábado e cravou a pole position para o GP da Bélgica, com direito a recorde de Spa-Francorchamps.

O piloto registrou a marca de 1min41s252 e superou o companheiro finlandês Valtteri Bottas para conquistar a posição de honra do grid de largada pela quinta vez em sete etapas na temporada 2020 da F1.

A terceira posição ficou com o holandês Max Verstappen, da Red Bull. O quarto foi Daniel Ricciardo, australiano da Renault. Quem completou o top-5 foi o tailandês Alexander Albon, da Red Bull. Veja abaixo os 10 primeiros:

O treino

A sessão começou com drama para a Ferrari, que classificou seus carros para o Q2 por pouco. O monegasco Charles Leclerc passou ‘raspando’ em 15º, duas posições atrás do alemão Sebastian Vettel. Quem liderou o Q1 foi Hamilton, à frente de Bottas e Verstappen. Piloto francês da AlphaTauri, Pierre Gasly foi o quarto. Quem completou o top-5 foi o canadense Lance Stroll, da Racing Point.

Os eliminados foram Kimi Raikkonen, finlandês da Alfa Romeo, Romain Grosjean, francês da Haas, Antonio Giovinazzi, italiano da Alfa Romeo, Nicholas Latifi, canadense da Williams, e Kevin Magnussen, dinamarquês da Haas.

Q2

Na segunda parte do treino classificatório, Hamilton, Bottas e Verstappen voltaram a compor o top-3 nesta ordem, marcando seus melhores tempos de pneus médios, com os quais largarão neste domingo em Spa-Francorchamps.

Verstappen ainda foi superado por Albon, de compostos macios, no fim do Q2. Os eliminados foram o russo Daniil Kvyat, da AlphaTauri, Gasly, Leclerc, Vettel e Russell.

Q3

No começo da parte do treino que define os 10 primeiros do grid de largada, Hamilton ‘voou’ em Spa e bateu o recorde da pista belga com o tempo de 1min41s451, colocando-se na primeira posição logo de cara. Ele ainda melhorou a marca para 1min41s252.

Grid de largada ficou assim

GP da Bélgica de Fórmula 1

Domingo 30/08 10h10 (de Brasília)

Transmissão ao vivo pela TV Globo

Por Carlos Costa – Motorsport.com

%d blogueiros gostam disto: